Comitê Popular dos Atingidos pela Copa 2014

Belo Horizonte | MG | Brasil

O que aconteceu com Estrela?

Luis Estrela

Luis Estrela

Dia 26 de junho foi um dia enigmático em BH, último jogo da Copa Das Confederações e a cidade de pé em uma grande manifestação. O desfecho foi uma batalha que se espalhou do mineirão até as ruas do centro da capital. Verdadeiro cenário de guerra onde a PM perdeu totalmente o controle de suas ações e o caos predominou.

Vários relatos sobre grupos que se dispersaram pela cidade em arrastões surgiram no dia seguinte, entre estes, uma notícia triste: um morador de rua foi espancado até a morte*. Pessoas que participam de grupos que acompanham os moradores de rua ficaram estarrecidos ao saber quem foi a vítima: Luis Estrela, um jovem que teimava em ser artista, que fazia da rua o seu palco, dos curiosos platéia, de roupas usadas figurino de gala. Bailarino de sonhos, cheio de caras e bocas, herói e marginal, que podia perder tudo, menos o senso de humor ácido e a coragem.

Assim como outros dois mil moradores de rua sua morte segue sem nenhuma pista. Ninguém sabe, ninguém viu quem agrediu Luis Estrela. Alguns relatos tão notícias de um grupo de espancamento que estava batendo nos moradores de rua indiscriminadamente. Dizem que Luis apanhou até morrer, outros dizem que durante o espancamento ele teve uma crise de convulsão e em todos os relatos uma pista em comum: o medo. Os que viram e sabem quem comandava este grupo tem medo de falar e sabe muito bem porque. As ruas de BH não são seguras e os boatos de grupos de espancamento e intimidação parecem mais reais.

As vésperas da Copa das Confederações, nos meses de maio e junho, a fiscalização municipal intensificou suas ações na tentativa de recolher os pertences dos moradores de rua – cobertores, papelão, mochilas com objetos pessoais, utensílios de cozinha, entre outros – para inviabilizar a permanência nos lugares públicos. Mesmo com a recomendação do Ministério Público que proíbe tal prática conseguimos registrar um Boletim de Ocorrência flagrando fiscais em atuação no dia 28 de junho.

Relatos das ruas nos informam que em regiões nobres da cidade um carro branco circula nas madrugadas e seus ocupantes agridem os moradores que dormem na região. Entre as ações de fato, praticadas pelo poder público e as ações isoladas aqui comentadas, nos preocupamos com o momento em que elas se unem, a realização de um mega-evento, no caso a Copa Fifa 2014. As exigências da Fifa, mais o desejo do poder público de apresentar uma cidade limpa e organizada pode render a perseguição e morte de vários outros moradores de rua, numa onda crescente que já estamos vivenciando este ano.

Luis Estrela se foi como um cometa, não voltará e deixou por aqui marcas incríveis de humanidade. Definitivamente não podemos aceitar que um crime como este entre apenas para as estatísticas de “crimes sem solução” e seja acobertado com o movimento para os jogos da Copa. Não podemos deixar que a impunidade seja a cortina que esconde pessoas organizadas para limpar a cidade dos moradores em situação de rua e que aproveitam o momento para aterrorizar a todos. Por tudo isso não podemos nos calar e perguntamos: O que aconteceu com Estrela?

*Depois que fomos alertados pelo comentário do Henrique procuramos outras fontes de informação. Realmente Estrela não morreu de espancamento, seu falecimento se deu depois de uma crise de convulsão. Amigos que estavam com ele nos relataram que chamaram o SAMU mas este não chegou a tempo. Reconhecemos a nossa falha e afirmamos que não tivemos a intenção de criar sensacionalismo com o fato, o que ocorreu foi que os relatos da rua acabaram por nos enganar e não conseguimos antes avaliar a veracidade dos fatos. Pedimos desculpa a todos e seguimos na luta.

Anúncios

11 Respostas para “O que aconteceu com Estrela?

  1. joão p 30 de outubro de 2013 às 19:49

    São PMs que tem a ordem de “limpar as ruas” de mendigos. Alguns q sobreviveram ou fugiram do ataque comentaram sobre isso, e a repressão q eles vem sofrendo ainda mais dos mesmos tdos os dias.

  2. .. 31 de outubro de 2013 às 19:41

    Luiz Estrela, Amarildo..
    e a vida vai. .e a vida vem..
    “agente é para o que nasce…”
    e com um nome assim, – Estrela – ele marcou-nos
    como goivas e formões marcam madeiras e troncos..
    só o tempo ira dizer:
    Estrela guia – nosso devir estrela?
    estrela cadente: esse devir-criança que nunca acaba..nunca cessa em cada um de nos..fazei-vos, 3 pedidos..
    Estrela do mar- ..só Iemanja sabera por onde andaras?
    e várias outras mil Estrelas..
    Ama-rildos..
    e outros mais que se
    fazem enquanto estrelas,
    enquanto sonhos,
    enquanto pó, que deles vêm, e a ele retorna..
    o que acontece com as Estrelas?

  3. claudia pires 31 de outubro de 2013 às 23:19

    Morreu no dia do aniversário de uma outra estrela.

  4. Henrique Solos 5 de novembro de 2013 às 16:56

    Ao invés de ficar suscitando esse factoide, vocês bem que podiam se inteirar melhor dos fatos. Leram o boletim de ocorrência lavrado em torno da morte dele, na Rua Aarão Reis? Conferiram os laudos periciais, os testemunhos dos moradores de rua que dormiam ao lado dele, na fatídica noite em que faleceu? Triste constatar que vocês estão abusando do recurso retórico para promover mitos falsos. O Luiz não precisa disso para brilhar em nossa memória. Desse jeito, vocês não ficam muito distantes do método fascista de comoção das massas…

  5. Henrique Solos 5 de novembro de 2013 às 17:14

    Ah, e antes que venha algum coleguinha me recriminar, afirmo que tive acesso aos autos que provam que Luiz Estrela não faleceu em virtude de qualquer atentado contra sua integridade física. Era fã dele também, por várias vezes sorvi sua distinta inteligência e caráter ali na Rua Aarão Reis. Uma perda irreparável. Mas repito: a estrela dele não precisa de factoides, de teorias de conspiração forjadas para transformá-lo num mártir. Penso que o COPAC é uma Entidade séria, e deveria primar por divulgar a verdade, e não se deixar levar por essas historinhas do bicho papão. Lembrando que o boletim de ocorrência e os laudos do IML são documentos públicos, e estão acessíveis à qualquer um que se dignar a conferi-los. Fica a dica.

    • Fidélis 6 de novembro de 2013 às 17:33

      Obrigado pelo alerta Henrique, o relato que temos são de pessoas que o viram no dia, não acessamos o BO, mas faremos e se for o caso retrataremos. Você sabe se conseguimos copia on line?

    • Rani 26 de janeiro de 2015 às 00:58

      Olha aqui henrique vc nao sabe de nada souirma do luiz otavio conhecido como luiz estrela eu fui no iml reconhecer seu corpo e temos como provar que ele faleceu de espacamento entao para de escrever coisas que vc nao sabe beleza pq nao estamos gostano da sua atitude de falar que ele morreu de crise que isso e mentira e nos da familia temos como provar ok vamos agradecervc parar de escrever coisas de escrever coisas que vc nao sabe o respeito do meu irmao vc nao tava na hora do interror nao sabe o que nos familiares passamos !!!!!

  6. michelle 26 de janeiro de 2015 às 00:25

    Oie meu nome e michelle e sou irma do luiz otavio mais conhecido como estrela os comentarios do henrique sao uma mentira, pois temos os laudos do iml e certidao de obito que ele morreu por traumatismo cranio-encefalico e fomos reconhecer o corpo dele, e sim ele foi espancado intao parem de desmoralizar a historia dele, e procurem saber da historia direito, caso tenham alguma duvida me procurem pois posso mostrar a certidao de obito e os laudos do IML.

  7. Pingback: O que aconteceu com Estrela? | Comitê Popular dos Atingidos pela Copa 2014 | ourodetolox

  8. laurimar 2 de março de 2016 às 01:49

    Documentos oficiais não são isentos de farsa, muito pelo contrário!

  9. Filipe 12 de abril de 2017 às 22:55

    Factóide. O Henrique disse tudo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: