Comitê Popular dos Atingidos pela Copa 2014

Belo Horizonte | MG | Brasil

É A HORA DE DENUNCIAR!!!

A relatora das Nações Unidas para Moradia Adequada, Raquel Rolnik, pretende fazer no próximo mês uma Carta de Alegação endereçada ao governo brasileiro com denúncias sobre violações de direitos nas obras para a Copa e Olimpíadas no país.
Queremos utilizar o BLOG DO COMITÊ POPULAR DOS ATINGIDOS PELA COPA – BH COMO LOCAL DE RECEBIMENTO DAS DENÚNCIAS de violações aos direitos humanos na capital e região.
Temos como objetivo acolher e apurar casos de remoções forçadas, violências contra moradores de rua, prostitutas, artesãos, comunidades indígenas, quilombolas e quaisquer outras denúncias que tenham como origem ou catalizador a COPA DO MUNDO e como consequência a EXCLUSÃO E O APROFUNDAMENTO DAS DESIGUALDADES.
Pedimos que as denúncias sejam feitas contendo, se possível, as seguintes informações:
– Grupo de atingidos: ex.: moradores da comunidade dandara. Quilombolas do Quilombolas do Quilombo Mangueiras. Artesãos da Praça Afonso Arinos. Etc..
– Local – Endereço.
– Número de Famílias atingidas/ número aproximado de pessoas atingidas.
– Origem do problema. Ex.: obra de reforma do Mineirão. Construção da Vila da Copa. Etc..
– Contato de alguma liderança.
As informações devem ser enviadas ao blog em forma de comentário, bem como ao email: denunciacopa@gmail.com.
Denunciem, o prazo está correndo!


Anúncios

3 Respostas para “É A HORA DE DENUNCIAR!!!

  1. Isabella Gonçalves Miranda 7 de outubro de 2011 às 21:15

    Gostaria de denunciar as agressões e violências contra os moradores e trabalhadores de rua que tem se intensificado nos últimos meses, desde que se iniciaram os preparativos para a COPA do Mundo. Censo feito em 2006 pela própria prefeitura indicava que eles eram 1.164, mas a Pastoral de Rua da Arquidiocese de Belo Horizonte estima que hoje cheguem a 2 mil. Esta população está sendo abordada com violência pela fiscalização municipal e está tendo seus bens confiscados (bolsas, cobertores, comida, dinheiro e inclusive documentos). Tais ações dos fiscais são mais rígidas nas áreas centrais, o que está fazendo essa população a se deslocar para outras áreas da cidade. Em entrevista ao Estado de Minas do dia 31/05/2011 o prefeito Márcio Lacerda define entre as principais ações para a Copa, a remoção dos moradores de rua. Como estratégias ele defende “Criamos um critério que o morador de rua não pode se estabelecer na via. Ele pode, no máximo, ficar com o cobertor. A prefeitura tem a obrigação e o direito de recolher todos os utensílhos que ele estiver carregando”. As agressões físicas e morais e materias aos moradores e trabalhadores de rua, já em curso, parecem indicar que existe um projeto de higienização da cidade para o Mundial, tal como ocorreu em outros megaeventos no Brasil e no Mundo.

  2. Isabella Gonçalves Miranda 7 de outubro de 2011 às 21:25

    Outro empreendimento inescrupuloso que está em curso na cidade é a construção da Vila da Copa, um negócio privado amparado pelo poder público, que pretende construir em uma terreno público e área de preservação ambiental de 10 Km quadrados, 73 mil apartamentos que servirão à Copa para posteriormente serem vendidos como apartamentos à privados.
    Difundindo a idéia de que o empreendimento ocupará a “última área livre de BH”, os empreitemos e a prefeitura escondem o crime ambiental que estão cometendo, além de invisibilisarem o Quilombo Mangueiras, comunidade que há mais de cem anos reside no local e que terá parte do território que ocupa tomado, além de correr o risco de ser prejudicado no processo final de titulação pelo INCRA devido ao lobby e as pressões do mercado imobiliário.
    Com a escassez de áreas disponíveis no mercado terras para a construção de grandes equipamentos para a Copa as construtoras não têm medido esforços para garantir os seus negócios e quem perde com tudo isso, são aqueles que não possuem segurança da posse.

  3. Maria Regina cordovil 23 de abril de 2012 às 04:11

    Não tenho respostas, estou absolutamente indignada e ver como os idosos estão sendo tratados no Asilo Recanto da Boa Viagem, localizado onde vai se instalar a vila da copa, deram 30 dias para retirarem os idosos de lá. tem idoso que há mais de 20 anos morando lá, sem familia, estão sendo escorraçados , o atendimento esta péssimo,alimentação, redução de funcionários cuidadores, da cozinha, da limpeza. Sem dizer que há 4 anos que esta sendo depredado e manobras foram feitas para conseguirem o esvaziamento do prédio, manobras que vão contra o direitos humanos.
    Não sou contra a copa, e sim contra a forma que esta sendo feitas as estratégias, um povo de muito pouca capacidade intelectual e humana.
    E nojento…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: